Revista Portuguesa de Imunoalergologia

Arquivo RPIATodas publicações


  • O futuro da Imunoalergologia em Portugal no horizonte de 2020 – Um tributo à Imunoalergologia nacional 2010 Vol.XVIII, nº5

    EDITORIAL

    a direcção da SPAIC em exercício defi niu como uma prioridade a elaboração do Livro Branco sobre o Futuro da Imunoalergologia em Portugal no Horizonte do Ano 2005, assumindo-se este como uma ferramenta essencial de sensibilização geral e de apoio a tomadas de decisão. Existiam então várias justificações para este trabalho:
    Mário Morais -Almeida

    Será o cão o melhor amigo de um atópico? 2010 Vol.XVIII, nº5

    Considerações sobre o potencial dos modelos caninos para o estudo da dermatite atópica no homem

    A dermatite atópica canina (cDA) tem uma prevalência estimada em 10 a 15%, sendo muito semelhante à doença no homem quanto ao tipo e à distribuição das lesões, existência de uma hiperreactividade imunológica, alterações da barreira cutânea e facilidade em surgirem complicações infecciosas, nomeadamente por Staphylococcus. A sensibilização a aeroalergénios apresenta um papel fundamental na etiopatogenia desta entidade clínica no cão, sendo o tratamento de escolha a imunoterapi
    Ana Mafalda Lourenço Martins1, , Maria da Conceição Peleteiro2, , José Henrique Duarte Correia1, , Mário Morais -Almeida3,

    Estudo aerobiológico de Beja (Sul de Portugal) 2010 Vol.XVIII, nº5

    ARTIGO ORIGINAL

    A cidade de Beja (Sul de Portugal, Baixo Alentejo) não foi anteriormente estudada aerobiologicamente.
    Francisca Maria Fernandes1, , Rafael Tormo Molina2, , Luís Manuel Mendonça de Carvalho3,

    Formas diferentes de usar os mesmos fármacos na rinite: Comparação entre médicos generalistas e alergologistas através do questionário OPERA 2010 Vol.XVIII, nº5

    ARTIGO ORIGINAL

    Identificação das principais semelhanças e diferenças nas opções terapêuticas na rinite alérgica entre especialistas de Imunoalergologia (IA) e Medicina Geral e Familiar (MGF).
    Manuel Branco Ferreira

    Síndrome gato-porco: A propósito de um caso clínico 2010 Vol.XVIII, nº5

    CASO CLÍNICO

    Doente do sexo masculino, com antecedentes de rinite alérgica, que aos 23 anos apresentou quadro de síndrome oral alérgica e rinoconjuntivite, cerca de 5 minutos após a ingestão de carne de porco e vaca mal passada.
    Nuno Sousa1, , Borja Bartolomé2, , Eugénia Almeida1, , António Segorbe Luís1,

    Hipersensibilidade mediada por IgE ao paracetamol – Caso clínico 2010 Vol.XVIII, nº5

    CASO CLÍNICO

    A hipersensibilidade mediada por IgE ao paracetamol é muito rara, existindo apenas seis casos em que se documentou testes cutâneos positivos e/ou IgE específica.
    Amélia Spínola Santos1, , Fátima Duarte1, , Anabela Lopes1, , Anna Sokolova1, , Maria Conceição Pereira Santos2, , Alcinda Melo2, , Manuel Branco Ferreira1, 3, , Manuel Pereira Barbosa1, 3,

    Hérnia diafragmática congénita 2010 Vol.XVIII, nº5

    ALLERGYMAGE

    Mulher de 45 anos, referenciada à nossa consulta por pieira ocasional. Na consulta de Imunoalergologia foram identificadas queixas de cansaço fácil e dispneia para médios esforços
    Irina Didenko, Fátima Ferreira, Filipe Inácio

    LATEX SUBLINGUAL IMMUNOTHERAPY: CAN ITS SAFETY BE PREDICTED? 2010 Vol.XVIII, nº5

    ARTIGOS COMENTADOS

    A prevalência da alergia ao látex é superior em profissionais de saúde, face à população geral (3 -12% vs 1%) devido à elevada e frequente exposição a este alergénio. A abordagem terapêutica inclui medidas preventivas de evicção ao alergénio, o que nem sempre é possível. Diversos estudos mostraram que a imunoterapia específica (IE) com extracto de látex melhora o score de sintomas respiratórios, oculares e cutâneos
    Marta Chambel, Gisela Calado

    Estágio em Alergia a Fármacos – Laboratório de Imunologia da Clínica Universitária de Navarra 2010 Vol.XVIII, nº5

    Estágio de Técnicas Laboratoriais de Imunoalergologia em Espanha, DEPARTAMENTO DE IMUNOLOGIA, MICROBIOLOGIA E PARASITOLOGIA DA FACULDADE DE FARMÁCIA DA UNIVERSIDADE DO PAÍS BASCO VITÓRIA -GASTEIZ, ESPANHA (ABRIL DE 2010), Reunião do Grupo de Interesse de “Alergia a Fármacos”, da SPAIC (GIAF), Reunião do ENDA (European Network for Drug Allergy) – “task force on NSAID hypersensitivity”

    CALENDÁRIO DE REUNIÕES 2010 Vol.XVIII, nº5

    Data, Local, E-mail