Revista Portuguesa de Imunoalergologia

Arquivo RPIATodas publicações


  • Editorial 2018 Vol.XXVI, nº1

    A Revista Portuguesa de Imunoalergologia (RPIA) sempre foi reconhecidamente um motivo de orgulho para todos os Imunoalergologistas. Foi com grande sentido de responsabilidade que acei- támos o desafio de liderar o Corpo Redatorial da RPIA deste triénio, tendo por objetivos claros inovar na sua imagem, ampliar os seus conteúdos e promover a sua divulgação. Foi com enorme satisfação que no final de 2017 constatámos a existência de um aumento significativo no número de visuali
    Luís Miguel Borrego1, , Mariana Couto2,

    Normas de publicação detalhadas 2018 Vol.XXVI, nº1

    A Revista Portuguesa de Imunoalergologia (RPIA) aceita para publicação artigos, em português ou inglês, que versem temas relacionados com a Alergologia e Imunologia Clínica.

    Alergia a galactose-α-1,3-galactose 2018 Vol.XXVI, nº1

    Artigo de revisão

    O objetivo deste artigo é realizar uma revisão atualizada sobre a alergia a galactose-α-1,3-galactose. Os autores efetuaram uma pesquisa na Pubmed e selecionaram 24 artigos nos últimos 5 anos. A galactose-α-1,3-galactose (α-gal) é um oligossacarídeo existente em mamíferos, exceto em humanos e primatas superiores.
    Joana Pita1, 2, 3, , Alexandru Ciobanu1, 2, 3, , Carlos Loureiro1, 2, 3, , Ana Todo-Bom1, 2, 3,

    Aeromicologia de Lisboa e a sua relação com os fatores meteorológicos 2018 Vol.XXVI, nº1

    Artigo Original

    Os esporos de fungos como o Cladosporium e a Alternaria presentes em ambientes outdoor são responsáveis pelo desencadeamento de reações alérgicas. Assim sendo, o estudo aeromicológico de uma zona geográfica é importante.
    Raquel Ferro1, 2, , Carlos Nunes3, , Elsa Caeiro1, 2, , Irene Camacho4, , Miguel Paiva5, , Mário Morais-Almeida6,

    Intensidade da dor associada à administração de imunoterapia subcutânea com alergénios 2018 Vol.XXVI, nº1

    Artigo Original

    O estudo da perceção da dor associada aos procedimentos alergológicos tem sido pouco explorado na literatura. Os poucos trabalhos publicados sobre a dor associada a um determinado procedimento alergológico são essencialmente dirigidos aos testes de diagnóstico em Imunoalergologia, como os testes cutâneos em picada e os intradérmicos, sendo praticamente inexistentes os trabalhos que investigam a intensidade da dor na administração de ITASC. Assim, foi objetivo do presente tra
    Amélia Spínola Santos1, , Joana Cosme1, , Mara Fernandes1, , Cândida Machado1, , Anabela Resende1, , Manuel Pereira Barbosa1, 2,

    mINSPIRERS – Estudo da exequibilidade de uma aplicação móvel para medição e melhoria da adesão à medicação inalada de controlo em adolescentes e adultos com asma persistente 2018 Vol.XXVI, nº1

    Página Educacional

    A má adesão à medicação inalada é um dos principais fatores que limita a melhoria clínica nos doentes com asma. Desta forma, é fundamental o desenvolvimento de ferramentas de monitorização de adesão à medicação objetivas e de fácil disseminação e a promoção de estratégias de adesão à medicação facilmente integráveis no dia a dia dos doentes. Os smartphones e jogos em comunidade virtual podem ter um papel relevante para a adoção de comportame
    Cristina Jácome1, 2, , Rui Guedes1, , Rute Almeida1, 3, , João Fonseca Teixeira4, , Bernardo Pinho5, , Pedro Vieira-Marques1, , Rita Vilaça6, , José Fernandes6, , Ana Ferreira1, , Mariana Couto7, 8, , Tiago Jacinto1, 8, 9, , Altamiro da Costa Pereira1, 7, , João Almeida Fonseca1, 5, 7, 8,

    Hipersensibilidade alérgica a componentes de silicone de pacemaker: Uma nova causa de dermatite de contacto? 2018 Vol.XXVI, nº1

    Caso Clínico

    Estão descritas, ainda que raras, situações de dermatite de contacto alérgica (DCA) a diversos componentes de dispositivos de cardioversão elétrica. O silicone é um composto descrito em casos de DCA, tais como pacemakers, implantes mamários ou implantes cocleares. A localização das lesões normalmente auxilia a identificação do agente. Contudo, é fundamental o diagnóstico atempado e diferencial com processos infeciosos. A referenciação à Imunoalergologia permit
    Letícia Pestana1, , Ana Mendes1, , Pedro Marques2, , Manuel Pereira Barbosa1,

    Artigos Comentados 2018 Vol.XXVI, nº1

    Artigos Comentados

    Notícias 2018 Vol.XXVI, nº1

    Notícias

    Prémios da SPAIC 2018 Vol.XXVI, nº1

    Prémios da SPAIC

    REGULAMENTO GERAL DOS PRÉMIOS DE INVESTIGAÇÃO SPAIC TRIÉNIO 2017-2019