Revista Portuguesa de Imunoalergologia

Arquivo RPIATodas publicações


  • As Revistas Oficiais da SPAIC 2014 Vol.XXII, nº2

    EDITORIAL

    Na qualidade de editor recentemente empossada da Revista Portuguesa de Imunoalergologia (RPIA), a única revista da especialidade no nosso país, terei o maior prazer em contar com a colaboração ativa de todos os membros da Sociedade Portuguesa de Imunoalergologia para manter o elevado nível científi co da revista, contribuindo assim para a divulgação do que mais recente se faz nas áreas da investigação clínica e laboratorial em Imunoalergologia e Imunologia Clínica dentro e fora do n
    Amélia Spínola Santos

    Pólen de Parietaria judaica: Aerobiologia e alergenicidade 2014 Vol.XXII, nº2

    ARTIGO ORIGINAL

    O pólen de Parietaria judaica é capaz de induzir doença respiratória alérgica, principalmente devido à elevada produção de pólen e persistência na atmosfera.
    Raquel Sousa1, , Helena Ribeiro1, , Ana Cruz2, , Laura Duque1, , Ilda Abreu1, 3,

    Tradução para português com adaptação cultural e determinação da reprodutibilidade do Questionnaire on respiratory symptoms in preschool children 2014 Vol.XXII, nº2

    ARTIGO ORIGINAL

    A asma é uma entidade frequente em idade pediátrica. Reconhece -se a necessidade de questionários sobre sintomas respiratórios em língua portuguesa, validados para menores de 3 anos, que permitam caracterizar adequadamente esta patologia e desenvolver estratégias preventivas nacionais.
    Susana Carvalho1, , Marta Alves2, , Nuno Neuparth1, 3,

    Efeito do género na associação entre parâmetros oscilométricos e o controlo da asma avaliado por questionário 2014 Vol.XXII, nº2

    ARTIGO ORIGINAL

    Os questionários de controlo e a oscilometria de impulso (IOS) avaliam componentes diferentes do estado clínico das pessoas com asma.
    João Fonseca1, 2, 3, 4, , Carla Martins1, , Ana Margarida Pereira1, 2, 3, 4,

    Análise das concentrações de pólen de gramíneas na atmosfera de Portugal Continental 2014 Vol.XXII, nº2

    ARTIGO ORIGINAL

    A exposição ao pólen atmosférico da família das Poaceae constitui a principal causa de polinose em Portugal.
    Elsa Caeiro1, 2, , Irene Câmara Camacho3, , Luísa Lopes4, , Ângela Gaspar5, , Ana Todo-Bom6, , José Ferraz de Oliveira7, , José Costa Trindade8, , Rui Brandão2, 9, , Carlos Nunes10, , Mário Morais -Almeida5,

    Determinação da IgE específica para clara em crianças com alergia ao ovo 2014 Vol.XXII, nº2

    CARTA AO EDITOR

    O ovo é um dos alimentos que mais frequentemente causa alergia alimentar em idade pediátrica, sendo a clara do ovo habitualmente responsável por reacções mais graves que a gema. O diagnóstico desta entidade, tal como para outros alimentos, baseia-se numa história clínica detalhada.
    Joana Bruno Soares1, , Pedro Martins2, 3, , Virginia Loureiro4, , Paula Leiria Pinto2, 3,

    Manifestações cutâneas das doenças Imunoalérgicas 2014 Vol.XXII, nº2

    REUNIÃO SPAIC PRIMAVERA 2014 / ACTIVIDADE CIENTÍFICA DA SPAIC

    Teve lugar no passado dia 5 de Abril, em Aveiro, a Reunião da Primavera 2014 organizada pela SPAIC com o apoio dos Laboratórios Vitória. Este ano dedicada ao tema “Manifestações Cutâneas das Doenças Imunoalérgicas”, contou com a habitual colaboração dos Grupos de Interesse da SPAIC, em particular os GI de Alergia alimentar, Alergia Cutânea e Alergia a Fármacos e com a presença de um grande número de sócios.
    Mário Morais Almeida1, , Elisa Pedro2, , Rita Câmara3,