Revista Portuguesa de Imunoalergologia

Arquivo RPIATodas publicações


  • EDITORIAL 2011 Vol.XIX, nº2

    O actual número da nossa revista começa com um artigo de revisão acerca de vários aspectos dos testes de desgranulação de basófilos na área da alergologia, seguindo-se de dois artigos originais de elevado interesse prático e de dois interessantes casos clínicos e ainda inclui um artigo de homenagem ao Senhor Professor António Robalo Cordeiro.
    Luís Taborda Barata

    Estudo in vitro dos basófilos é uma ferramenta diagnóstica e de investigação útil em alergologia 2011 Vol.XIX, nº2

    ARTIGO DE REVISÃO

    O mecanismo imunológico subjacente às doencas alérgicas mediadas por IgE é a hipersensibilidade do tipo I, em que os mastócitos e os basófilos são as células efectoras. Esta reacção é reproduzida in vitro no teste de libertação de histamina e outros mediadores e no teste de activação dos basófilos. Estas são ferramentas muito úteis, não só no diagnóstico de diversas doenças alérgicas e seguimento de doentes submetidos a imunoterapia específica, mas também ao nível da in
    Alexandra Santos1, 2, 3, , Bernhard Gibbs4, , Alick Stephens1, , Victor Turcanu1, , Gideon Lack1,

    Testes epicutâneos a corticosteróides num período de dez anos 2011 Vol.XIX, nº2

    ARTIGO ORIGINAL

    A alergia de contacto a corticosteróides é rara, exigindo elevado nível de suspeição e experiência clínica na interpretação dos resultados dos testes epicutâneos no seu diagnóstico.
    Alexandra Santos1, , Pedro Andrade2, , Carlos Loureiro1, , Margarida Gonçalo2,

    Exposições acidentais na alergia alimentar 2011 Vol.XIX, nº2

    ARTIGO ORIGINAL

    A recomendação habitual no tratamento da alergia alimentar é a evicção completa, até à aquisição de tolerância. É importante perceber em que situações ocorrem falhas na evicção, de forma a orientar o melhor possível o doente com alergia alimentar
    Filipa Sousa1, , João Antunes2, , Maria João Paes3, , Marta Chambel2, , Sara Prates2, , Paula Leiria Pinto2,

    Necrólise epidérmica tóxica – Valproato de sódio e vancomicina? 2011 Vol.XIX, nº2

    CASO CLÍNICO

    A prevalência de reacções adversas a medicamentos (RAM) em doentes hospitalizados é estimada em 10 -20% e estas podem ser potencialmente fatais. A necrólise epidérmica tóxica (NET) é uma das apresentações de RAM mais severa, com baixa incidência mas mortalidade elevada.
    João Antunes1, , Sara Lestre2, , Andreia Gonçalves3, , André Borges3, , Regina Viseu4, , Isabel Baptista3,

    Síndrome de Sweet – Um diagnóstico inesperado? 2011 Vol.XIX, nº2

    CASO CLÍNICO

    A síndrome de Sweet, também designada por dermatose neutrofílica febril aguda, é caracterizada por febre, neutrofilia e lesões cutâneas eritematosas
    Patrícia Barreira1, , Daniela Malheiro2, , José Pedro Moreira da Silva3,